Como abordar termos contábeis com seus clientes?

É possível perceber, sem precisar de muito esforço, que a contabilidade do futuro está mais próxima do nosso presente do que a anos luz de distância. O mercado tem se modificado rapidamente e transformou a contabilidade na prática. Agora, os escritórios de contabilidade devem estar mais próximos de seus clientes e empresas. Por isso, o mais importante é saber estabelecer uma conexão com os mesmos e, principalmente, uma comunicação sem falhas. Mas você deve estar se perguntando: “como tornar essa relação simples, se os termos técnicos contábeis são os principais “ruídos” que atrapalham?”

Leia: 5 benefícios do trabalho focado em relacionamento com o cliente

Bom, se este é o seu problema, a Vers te traz uma ótima notícia: estamos prestes a solucioná-lo! Confira abaixo a lista com cinco dicas de como abordar termos técnicos com seus clientes:

 

1. Seja simples e didático

A contabilidade do futuro está ligada à gestão e, para gerir projetos é preciso alinhar conhecimentos. Neste caso, a comunicação com a utilização de apenas termos técnicos contábeis e sem a explicação de fácil compreensão do cliente, só vai te atrapalhar.

Assim, quando for abordar termos técnicos com seus clientes seja didático e mostre-os o que você está dizendo, se possível até faça exemplificações de acordo com o negócio de cada um. Dessa forma, você demonstra o seu profissionalismo para com as atividades do cliente, que você se inteira do que ele faz e de suas necessidades e não se apresenta apenas como mais um contador querendo mostrar que estudou e/ou decorou cada um dos termos contábeis.

LEIA  Como faço um demonstrativo de resultados?

 

2. Identifique as palavras que seu cliente está usando

Tente compreender o que o seu cliente está tentando dizer na linguagem dele. Nem sempre ele saberá utilizar os termos contábeis, mas com certeza saberá explicar qual é o problema dele em suas palavras. Por isso, preste atenção neste momento de troca. Ele pode ser de grande valia e aprendizado!

 

3. Abra espaço para que seu cliente te faça perguntas

Ao abordar termos técnicos com seus clientes contábeis, garanta que eles estejam entendendo o que você está falando. Uma boa técnica é ficar atento à linguagem corporal do seu cliente, por ela é possível perceber quando ele está confuso ou desinteressado.

É aí que, nesses casos, você abre espaço para que ele lhe faça perguntas e quando elas ocorrerem, ouça mais do que fala e certifique-se de que, quando estiver ouvindo, esteja totalmente atento e focado no seu locutor. Com essa atitude, você agrega valor aos seus serviços, ao escritório ao qual está representando e, principalmente, à sua imagem perante o cliente!

Leia: 9 Dicas infalíveis de como conseguir clientes contábeis

 

4. Seja autêntico

A contabilidade do futuro está ligada a experiência do cliente. Logo, para tornar esta experiência mais agradável possível, não deixe que ela seja “engessada”, ou seja, não faça com que ela seja ensaiada e sim, natural.

Com essa postura, você está passando autenticidade para o seu cliente, mostrando quem realmente é. Logicamente, com profissionalismo, mas de uma forma leve até mesmo com os usos dos termos contábeis. Assim, você permite que a outra pessoa se expresse livremente e, ao final, conseguem se entenderem melhor.

LEIA  Por que a franquia de Contabilidade Vers é a sua melhor opção?

Leia: ‘A importância da comunicação autêntica’,  palestra de Sheryl Sandberg.

 

5. Adapte a linguagem a cada cliente

Estabeleça uma conexão com os com quem você está se comunicando. Mostre a eles que você se importa e está interessado neles. Para isso, saiba ser resiliente e se adaptar a linguagem de cada um.

Durante as conversas você vai se deparar com clientes que conhecem desde o básico ao avançado dos termos contábeis. Sendo assim, crie um entendimento mútuo para cada um. A contabilidade na prática é personalizada e deve sempre estar acordo com as necessidades de cada cliente.

Por fim e não menos importante, sua prospecção de novos clientes começa com aqueles que você já tem. Afinal, o seu melhor cartão de visitas não é o impresso em um papel, com design impecável, mas sim, o seu cliente. É ele quem vai contagiar outros empresários a contratar os seus serviços, baseado na experiência positiva que ele tem! Então, é hora de pensar sobre isso, compreende?

 

Postado em Contabilidade, Franquia