10 livros que todo contador deveria ler

Em um mercado cada vez mais competitivo, a função do contador como funcionário do FISCO não atende mais os empresários. Escriturador de números, completamente alheio às questões gerenciais de um negócio, são coisas de contador do passado. E neste artigo vou te mostrar alguns livros que todo contador deveria ler para sair do passado e abraçar de vez o novo papel do contador no mercado.

A tecnologia tem tomado conta, automatizado processos, agilizando a entrega e aumentando a competitividade. O contador consultor, que realmente auxilia o empresário na tomada de decisão do negócio ao invés de trabalhar única e exclusivamente no operacional, tem obtido cada vez mais espaço no business market. Isto porque, empresários, cada vez mais conectados com novas tendências, tem buscado profissionais com habilidades semelhantes, que contribuam com seu legado atuando como médico dos negócios e auxiliando-os nas tomadas de decisão.

Seja você um contador de longa data ou um recém formado, deve estar sempre em busca de informações que agreguem valor a seus conhecimentos e consequentemente a seus clientes. Cursos extracurriculares e especializações, não só na área contábil, mas nas áreas de interesse do seu perfil de cliente ideal podem e vão te ajudar a se tornar o contador do futuro, o contador de sucesso.

Pensando em auxiliar você, separei 10 livros que todo contador deveria ler.

 

1. Contabilidade Empresarial – José Carlos Marion

Este texto diferencia-se dos manuais convencionais por dar maior importância à compreensão dos relatórios contábeis do que à mecânica da escrituração e da elaboração das demonstrações financeiras. Esta abordagem é justificada por diversos fatores. O emprego generalizado de equipamentos convencionais e de computadores no processamento de dados contábeis exige que o ensino superior da Contabilidade esteja voltado mais para a natureza, o significado e as finalidades dos dados para as práticas tradicionais da escrituração.

Outro fator é a utilização da Contabilidade como instrumento de decisão e de orientação gerencial. E ainda outra razão relevante é a crescente utilização da Contabilidade por não contadores nos mais diferentes setores da empresa, de Engenharia da Produção até Consultoria Jurídica. A estrutura deste texto procura atender a tais exigências fundamentando-se em um ensino diferenciado da Contabilidade. Aborda em suas quatro partes a análise das demonstrações contábeis, o processo contábil, o balanço patrimonial, outras demonstrações financeiras e análise das demonstrações financeiras.

LEIA  O valor da meritocracia dentro das empresas

 

2. Como fazer amigos e influenciar pessoas – Dale Carnegie

Ao longo de oito décadas, este livro se tornou a referência quando o assunto é o desenvolvimento das relações humanas, das habilidades sociais e da comunicação eficiente. Partindo do princípio de que é preciso se interessar genuinamente por aqueles com quem interagimos, ele mudou a vida de milhões de pessoas, fazendo-as se sentirem mais seguras, abertas e confiantes em seus encontros sociais e profissionais. Com saborosas histórias, exemplos práticos e ótimos conselhos, esta é uma leitura prazerosa e fundamental para quem deseja criar bons vínculos, se tornar mais persuasivo, deixar uma marca positiva e inspirar os outros com energia e gentileza.

 

3. A Evolução das Ciências Contábeis no Brasil – Carlos Eduardo Barros Leite

A educação na área contábil foi influenciada por uma série de variáveis em diversos momentos da história brasileira. O relato dos principais acontecimentos econômicos, sociais e educacionais, desde o descobrimento até o final do século XX, revela não só sua influência sobre a evolução das ciências

contábeis no Brasil, mas também como o ensino nesta área é vital para o desenvolvimento da profissão e para que esta ganhe importância na sociedade.

 

4. O poder do hábito – Porque fazemos o que fazemos na vida e nos negócios – Charles Duhigg

Durante os últimos dois anos, uma jovem transformou quase todos os aspectos de sua vida. Parou de fumar, correu uma maratona e foi promovida. Em um laboratório, neurologistas descobriram que os padrões dentro do cérebro dela mudaram de maneira fundamental. Publicitários da Procter & Gamble observaram vídeos de pessoas fazendo a cama. Tentavam desesperadamente descobrir como vender um novo produto chamado Febreze, que estava prestes a se tornar um dos maiores fracassos na história da empresa. De repente, um deles detecta um padrão quase imperceptível – e, com uma sutil mudança na campanha publicitária, Febreze começa a vender um bilhão de dólares por anos. Um diretor executivo pouco conhecido assume uma das maiores empresas norte-americanas.

Seu primeiro passo é atacar um único padrão entre os funcionários – a maneira como lidam com a segurança no ambiente de trabalho -, e logo a empresa começa a ter o melhor desempenho no índice Dow Jones. O que todas essas pessoas tem em comum? Conseguiram ter sucesso focando em padrões que moldam cada aspecto de nossas vidas. Tiveram êxito transformando hábitos. Com perspicácia e habilidade, Charles Duhigg apresenta um novo entendimento da natureza humana e seu potencial para a transformação.

LEIA  Atue em uma empresa que valoriza suas pessoas e sua história

 

5. Como fazer uma empresa dar certo em uma país incerto – Instituto Endeavor

Grandes nomes como Abilio Diniz Emílio Odebrecht Fabio Barbosa Jorge Gerdau Marcel Telles Carlos Alberto Sicupira e outros relatam como foram suas experiências empresariais trazendo enormes vantagens para os empreendedores brasileiros que são analisar adaptar e reproduzir soluções bem-sucedidas; e aprender com erros alheios e evitar sua repetição. Num projeto ousado o Instituto Empreender Endeavor coloca no papel tudo que aprendeu em seus 5 anos em que orientou mais de 3.000 empreendedores brasileiros.

Este não é mais um livro sobre empreendedorismo e sim um livro diferente que possui conselhos e lições de 51 dos mais bem sucedidos empreendedores do Brasil. O livro trata de assuntos como gestão gente sociedade mercado e aspectos legais exemplificados com casos reais de forma muito prática. O leitor encontra experiências relatadas por personalidades do meio empresarial como a reviravolta numa grande empresa como a Brahma (hoje INBEV) até a fundação de um potência como a Natura.

 

6. A revolução do marketing de serviços para empresas contábeis – Ricardo de Freitas

O contabilista esta vivendo um novo momento, onde a eficiência e o conhecimento são um diferencial competitivo para o mercado. Este livro aborda de modo inédito as vantagens do marketing para empresas contábeis, buscando capacitar e formar o contabilista para uma nova era. Temas como empatia, marketing pessoal, CRM, retenção de clientes e rede sociais são abordados pelo autor.

 

7. Pai Rico, Pai Pobre – Robert Kiyosaki e Sharon L. Lechter

Pai Rico, Pai Pobre também entra nesta lista de livros que todo contador deveria ler. Este foi o primeiro best-seller de Robert T. Kyiosaki e Sharon Lechter, e deu origem a uma série de enorme sucesso. Seu conceito é muito simples: com maior inteligência financeira muitos problemas comuns da vida cotidiana podem ser resolvidos. Saiba o que os ricos tratam como ativos geradores de renda, e como se livrar de pagar impostos demais. A cada dia, a cada nota você escolhe ser rico, pobre ou classe média. A melhor maneira de preparar seus filhos para o mundo é dividir esse conhecimento com eles. Se você não fizer isso, ninguém mais fará. Determine o destino do dinheiro que chega às suas mãos.

LEIA  5 problemas gerados por instabilidade no emprego!

 

8. Compliance e Governança Corporativa – Marcella Blok

O presente livro mescla a análise teórica com os procedimentos que devem ser adotados para o funcionamento de um sistema efetivo de compliance. Assim, é manifesta a sua utilidade não só para os profissionais que atuam na esfera do Direito, como também para todos aqueles encarregados de aplicar os princípios do compliance e das boas práticas de governança corporativa às organizações, tais como advogados, contadores, administradores, economistas, auditores e todos aqueles que lidam com o Poder Público”. Nelson Eizirik

 

9. Sonho grande – Cristiane Correa

Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira ergueram, em pouco mais de quatro décadas, o maior império da história do capitalismo brasileiro e ganharam uma projeção sem precedentes no cenário mundial. Nos últimos cinco anos eles compraram nada menos que três marcas americanas conhecidas globalmente: Budweiser, Burger King e Heinz. Tudo isso na mais absoluta discrição, esforçando-se para ficar longe dos holofotes. A fórmula de gestão que desenvolveram, seguida com fervor por seus funcionários, se baseia em meritocracia, simplicidade e busca incessante por redução de custos. Uma cultura tão eficiente quanto implacável, em que não há espaço para o desempenho medíocre. Por outro lado, quem traz resultados excepcionais tem a chance de se tornar sócio de suas companhias e fazer fortuna. Sonho grande é o relato detalhado dos bastidores da trajetória desses empresários desde a fundação do banco Garantia, nos anos 70, até os dias de hoje.

 

10. A arte do começo – Guy Kawasaki

Guy Kawasaki, colunista da Forbes, fundador e CEO da GarageTechnology Ventures, apresenta em A arte do começo os passos mais importantes para lançar um novo produto, uma nova marca, abrir uma empresa ou iniciar qualquer projeto, lucrativo ou não. Ensina como estabelecer uma mentalidade mais empreendedora em empresas já estabelecidas, apresentando idéias excelentes para se iniciar qualquer projeto.

Essas foram as dicas dos livros que todo contador deveria ler. Se você deseja se tornar um contador fora da curva e se destacar no mercado, é hora de começar a leitura.

E aí? Tem ou já leu algum dos livros que separamos para você?

Conta pra gente aqui nos comentários. Caso não tenha lido ainda, estabeleça algumas metas de leitura, principalmente neste período de isolamento que tem transformado a forma como empresas fazem negócios na velocidade da luz.

Transforme-se também e alcance o próximo nível.

Caso queira saber mais sobre a contabilidade consultiva: clique aqui!

Postado em Endomarketing