Proprietário de Cafeteria pode ser MEI?

Saber se o proprietário de cafeteria pode ser MEI é importante para quem pretende abrir esse tipo de estabelecimento de forma legalizada, e pretende atuar de maneira profissional. As cafeterias podem trazer uma excelente renda, e se você se cadastrar como microempreendedor o retorno será ainda melhor!

Existem inúmeros benefícios em regularizar a sua atividade. Você terá acesso a créditos exclusivos, muito mais segurança financeira e patrimonial, além, é claro, de aumentar o seu potencial competitivo no mercado.

Ficamos felizes e satisfeitos em saber que você pretende dar esse importante passo em sua carreira. Mas, antes de mais nada vamos esclarecer se proprietário de cafeteria pode ser MEI, ou se existem outros enquadramentos que são mais adequados.

Proprietário de Cafeteria pode ser MEI?

Afinal, proprietário de cafeteria pode ser MEI ou não pode?

O MEI possui algumas normas que impedem que algumas profissões se cadastrem como microempreendedor. Por exemplo, alguns cargos que são diretamente voltados para capacidade intelectual, como professores.

As cafeterias são negócios elegantes que podem trazer uma ótima rentabilidade. Principalmente porque abrangem um público muito amplo, indo de 20 a 60 anos facilmente! Um proprietário de cafeteria pode ser MEI, sim, enquadrando-se na atividade de código 5611-2/03 – LANCHONETES, CASAS DE CHÁ, DE SUCOS E SIMILARES.

Requisitos para enquadramento no MEI

Além de escolher a categoria correta – não há nenhuma descrita como “cafeteria”, por isso deve escolher essa categoria, referente à venda de chás, sucos e similares – você também precisa se atentar a outras exigências. Para ser MEI é preciso cumprir com as seguintes exigências:

  • Faturamento anual de no máximo R$ 81.000,00;
  • Não ser sócio, administrador ou titular de outra empresa;
  • Ter no máximo um empregado, com salário exclusivamente 1 (um) salário mínimo ou o piso salarial da categoria profissional;
  • Exercer atividades econômicas autorizadas pelo MEI.

Quem cumpre com essas exigências pode se cadastrar como MEI e pode profissionalizar a atividade através dessa categoria de microempreendedor. Essa é uma boa opção para quem quer abrir uma cafeteria – embora não haja a categoria propriamente, pode-se apostar em lanchonete.

Dicas essenciais para formalizar a minha atividade como MEI

Agora que você já sabe que proprietário de cafeteria pode ser MEI, mas precisa se cadastrar com atividade semelhante, chegou a hora de conhecer algumas dicas para se tornar um microempreendedor.

Todo o processo é realizado pelo Portal do Empreendedor de forma muito segura e rápida! Apesar disso, são diversas etapas, e você pode apostar no auxílio de contador especializado para lhe ajudar!

  • Vantagens do MEI:

O motivo principal para se formalizar enquanto dono de cafeteria é que você desfrutará de alguns benefícios bem interessantes. Para começar, você poderá abrir uma conta jurídica e com isso terá acesso a créditos especiais.

  • Cobertura Previdenciária do INSS:

Quem se formaliza como Microempreendedor também conta com a cobertura INSS. Na prática, significa que você terá acesso a diversos benefícios como aposentadoria por idade e invalidez, auxílio doença, salário maternidade, pensão por morte e auxílio reclusão.

Proprietário de Cafeteria pode ser MEI?

Formalizar a sua atividade será um diferencial!

Ao se formalizar você também poderá contar com um outro fator importantíssimo: a sua empresa ganhará cada vez mais reconhecimento no mercado. Isso porque fornecedores e clientes se sentem muito mais seguros em negociar com quem é CNPJ.

Por isso esse é considerado um passo a mais na sua carreira, e uma forma de tornar o seu empreendimento ainda mais rentável e mais reconhecido no mercado.

Então, um proprietário de cafeteria pode ser MEI, e tudo o que você precisa fazer é prestar bastante atenção com relação ao melhor termo referente a atividade que você pretende prestar.

LEIA  Quais os melhores segmentos para abrir uma empresa?
Postado em Abertura de empresaTagged , , , , , ,