ICMS: o que mudou?

O ICMS é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Se você é dono do seu próprio negócio e envia mercadorias para além da sua cidade, então esse imposto recaíra sobre o seu produto ou serviço.

No ano de 2019, a taxa de Circulação de Mercadorias e Serviços vem sofrendo algumas mudanças e os empreendedores estão com algumas dúvidas a respeito dessas alterações. Nem todos entendem sobre esses trâmites, ficando ainda mais difícil de ficar por dentro de tudo.

Se você tem uma empresa é imprescindível que entenda mais sobre o assunto. Aliás, entender sobre questões contábeis e financeiras é fundamental para a organização de uma empresa.

ICMS

Entenda mais sobre o ICMS

Como já dito anteriormente, o ICMS é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Essa taxa é incidida nos mais diversos produtos ou serviços que circulam dentro do país. É aplicado caso o cliente final não esteja na mesma cidade que você.

A taxação é acrescida de forma no produto ou serviço adquirido pelo consumidor final e a porcentagem do imposto varia de estado para estado. Portanto, cada estado cobra um valor diferente para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

Além da variação de estado para estado, ainda há uma variação referente ao tipo de produto. Produtos de consumo básico costumam ter taxas menores, enquanto produtos considerados supérfluos têm impostos maiores.

É claro que não é arbitrária essa porcentagem e esta deve seguir algumas leis estabelecidas pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (CONFAZ). Em média, o valor do ICMS varia de 7% a 25% do valor da mercadoria.

LEIA  Um planejamento tributário bem feito, é um potencializador para sua Locadora!

Ou seja, se você adquire um produto ou serviço que custa R$100,00 com um imposto de 15%, o valor repassado para o cliente é de R$115,00. É bem fácil de fazer o cálculo, não é mesmo? Basta saber qual é a porcentagem do imposto na sua região para determinado produto ou serviço.

Entenda as mudanças

As principais mudanças do ICMS aconteceram em 1º Julho desse ano. A alteração nas normas visa um maior controle dos impostos objetivando evitar a sonegação de impostos. Além disso, é mais fácil para a empresa controlar as taxas.

A principal mudança é que o imposto não será cobrado no produto final ao consumidor, mas sim, no início da cadeia de produção. Não tem variação de trabalho, então alguns contribuintes podem pagar mais do que outros. A princípio, isso pode ser um problema, mas nesses casos há o ressarcimento.

Para recuperar o valor basta comprovar que a Base de Cálculo prevista do imposto foi maior que o preço final efetivamente praticado. Não há um consenso ainda entre os empreendedores a respeito dos benefícios das novas regras.

ICMS

Conheça a VERS Contabilidade

Falamos logo na introdução que as áreas de contabilidade e finanças são importantíssimas dentro de uma empresa e saber sobre elas é necessário. No entanto, nem sempre os donos do negócio entendem sobre essas questões.

Sendo assim, contratar uma ajuda especializada e qualificada se torna a opção mais interessante. A sugestão para a pauta de hoje é a VERS Contabilidade, quer saber os motivos? Confira:

  • Serviços de qualidade.
  • Bom custo x benefício.
  • Variedades de serviços (tributários, fiscais, contábeis, abertura de empresa, etc.).
  • Comodidade (muitas coisas podem ser feitas online).
  • Rapidez e eficiência em todos os serviços prestados.
  • Reconhecimento dos clientes (95% dos clientes ficam satisfeitos com os serviços).
  • Entre muitos outros benefícios.
LEIA  Como Funciona o Salário Maternidade?

No site da VERS Contabilidade você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre ICMS e outras coisas. Caso não haja a informação necessária na plataforma é possível entrar em contato com a empresa.

Nos acompanhe também em nossas redes sociais: Facebook | Linkedin | Instagram | Youtube

Postado em Cliente Final, FiscalTagged , , , ,