3 indicadores para mensurar a eficiência da sua gestão de talentos

Com demasiada frequência, práticas ineficazes de desenvolvimento da gestão de talentos de uma empresa passam despercebidas até que seja tarde demais.

Se você estiver muito envolvido na implementação de sistemas de gerenciamento de profissionais talentosos na empresa, pequenas mudanças nas ações individuais podem facilmente tornar esse processo mais eficaz.

Quando uma empresa investe recursos significativos em sua gestão de talentos, é vital assegurar que seus métodos e técnicas sejam eficientes. Para isso, serão apresentados 3 indicadores que podem ajudar um gestor a fazer isso.

Indicadores que medem sua gestão de talentos

A medição eficaz de uma gestão de talentos requer uma abordagem holística e um olhar atento aos pequenos detalhes.

– A combinação de métricas qualitativas e quantitativas – bem como avaliações de alto nível dos objetivos de seu programa relacionadas à estratégia geral da empresa – produzirá uma maior quantidade de dados acionáveis.

  • Isso permitirá ​​que você tome decisões informadas e genuinamente boas para os profissionais talentosos na empresa em que trabalha.

– Antes de mergulhar em métricas individuais, tenha uma visão panorâmica dos esforços de desenvolvimento de seus funcionários.

  • Uma gestão de talentos que tenha sido adequadamente projetada e implementada deve ter um propósito claro, uma articulação direta de habilidades a serem aprendidas e de ações a serem tomadas.

LEIA  Como melhorar meu trabalho em equipe

Isso pode incluir habilidades e características a serem tidas pelo gestor como:

  • Equilíbrio entre inteligência social e emocional;

  • A capacidade de receber e fornecer críticas construtivas;

  • Habilidades interpessoais, incluindo um bom grau de competência cultural e sensibilidade.

  • Fortes habilidades de comunicação;

  • Um sentimento de empatia, integridade e honestidade;

  • Uma orientação estratégica combinada com uma capacidade analítica nítida;

  • A capacidade de trabalhar de forma independente e em equipes.

Tendo isso, em seguida, é preciso identificar os resultados de negócios específicos e mensuráveis ​​que indicam se essas ações estão funcionando.

Escolhendo o que medir em sua gestão de talentos

Nem todas as medições disponíveis serão diretamente aplicáveis ​​ao seu programa de gestão de talentos.

– As métricas que você escolher devem se relacionar diretamente com as metas estabelecidas para você e para sua equipe, bem como em relação às ações específicas que você está tomando para atingi-las.

– Afinal, a receita gerada por uma empresa é influenciada por uma variedade tão grande de fatores que não é necessariamente conectada a um bom indicador de liderança único.

  • Por outro lado, as taxas de retenção e rotatividade informam muito mais sobre a medida em que os funcionários se sentem valorizados, apoiados e capacitados.

  • Em suma, duas excelentes métricas para sua gestão de talentos são, de fato, a rotatividade e a retenção de seus funcionários.

  • Por fim, pode ser adicionada a métrica de custo de cada um desses funcionários, permitindo que você compreenda se eles se sentem, ou não, valorizados pelo que oferecem para sua empresa.

  • Assim, com o uso desses três indicadores, você terá uma gestão de talentos muito mais eficiente e impedirá que maus índices atrapalhem seus resultados.

LEIA  A importância do feedback contínuo para o seu funcionário

Gestão de Talentos

Conclusão

Quanto mais métricas individuais você escolher medir, mais clara será a visão geral dos esforços de desenvolvimento de seus funcionários.

As métricas quantitativas são especialmente úteis porque podem ser facilmente comparadas ano após ano. Métricas quantitativas que podem demonstrar a eficiência de sua gestão de talentos incluem:

  • Taxa de rotatividade geral;

  • Porcentagem de talentos de alto potencial;

  • Porcentagem de contratação externa vs. interna;

  • Custo (em termos de tempo e dinheiro) da contratação externa versus interna.

É importante não negligenciar os fatores qualitativos, no entanto. Eles incluem:

  • Satisfação de funcionários e gerentes;

  • Envolvimento dos funcionários;

  • Comentários em relação ao desempenho dos funcionários.

Você pode contar com a Vers Contabilidade para poder se concentrar apenas em sua gestão de talentos, eliminando tarefas que não adicionam a bons índices de produtividade em sua empresa se não forem feitas pelos profissionais corretos.

Acompanhe mais notícias, também em nossas redes sociais Facebook | Instagram | Linkedin | Youtube

Postado em EndomarketingTagged , , , , ,