Dê preferência às franquias baratas que geram retorno

O caminho para se tornar o dono do próprio negócio é repleto de dúvidas que rondam a cabeça do empreendedor. Perguntas do tipo “será que o capital que possuo é suficiente?”, “será que optei pelo negócio correto?” e “quanto tempo vai demorar para eu ter retorno do investimento e lucro?” tiram o sono de muita gente. E, quando se trata de franquias, mais uma questão permeia as mentes inquietas que estão em busca do sucesso no mercado: “só vou conseguir ter um bom grau de retorno se optar por adquirir marcas mais caras? As franquias baratas valem à pena?”.

A resposta para esse questionamento é bem simples e, diga-se de passagem, bem animadora para quem não possui montante elevado de dinheiro. NÃO. Atualmente, existem diversas opções de franquias baratas e que possibilitam ao investidor um excelente grau de rentabilidade. As pessoas mais céticas podem até achar que essa possibilidade se parece com uma daquelas propagandas de produtos que prometem resultados milagrosos da noite para o dia, mas, no ramo de franchising existem marcas que custam até R$ 50 mil e que prometem faturamento mensal de, aproximadamente, 50% do que foi investido.

Porém, é fundamental que o empreendedor tenha em mente uma noção que pode determinar o sucesso ou o fracasso da iniciativa: ele é o principal responsável pelo seu negócio. Isso implica em um esforço que começa bem antes da escolha da franquia, pois para ter um bom desempenho de mercado, deve-se conhecer muito bem o segmento em que deseja atuar. Segundo ponto importante é referente à relação do investidor com a marca, sua identificação com a missão, a visão, os valores e a cultura dela. Por fim, é necessário muito trabalho e atenção com o modo de atuação, sendo imprescindível seguir o planejamento traçado para a gestão administrativa e operacional do empreendimento.

LEIA  Por que apostar no mercado de franquias?

cta-franquias baratas

Áreas com franquias baratas e rentáveis

O investidor pode encontrar franquias com baixo valor em, praticamente, todas as áreas do mercado. Porém, negócios com essa característica são mais comuns no setor de serviço, como por exemplo os ramos de beleza, bem-estar, seguros, entre outros.

Faturamento versus rentabilidade

Para ter uma noção se o retorno com a franquia está positivo, o investidor precisa ter em mente e saber a diferença entre faturamento e rentabilidade. O faturamento é valor líquido recebido ao longo do mês, ou seja, todo o dinheiro que entrou na conta sem descontar as despesas. A rentabilidade é o lucro obtido no mês expresso em porcentagem relativa do faturamento.

Microfranquias

Nos últimos anos, vem despontando no mercado brasileiro um modelo de negócios que recebeu o nome de microfranquias. Esse modo de atuação é caracterizado por ser um empreendimento para se trabalhar sozinho e investimento inicial abaixo de R$ 90 mil.

Surgido a partir da ideia de se alcançar novos investidores e tornar mais fácil sua inserção nas redes franqueadoras, o modelo de microfranquias demanda do franqueado o mesmo empenho, dedicação e seriedade com a marca que o modelo tradicional.

franquias baratas

Quando o retorno vem se contratar?

Segundo um estudo realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), franquias baratas e microfranquias tendem a ter o retorno de investimento – o chamado payback – em um espaço de tempo menor do que das franquias mais caras. Esses modelos mais econômicos recuperam o valor investido e passam a ter maior lucratividade entre 12 e 18 meses.

Ou seja, se tornar proprietário de uma franquia pode estar ao seu alcance, sem demandar um investimento financeiro muito grande. Além disso, o retorno vem bem mais rápido do que se imagina.

LEIA  5 motivos para adquirir uma franquia Vers Contabilidade

Nos acompanhe também pelas redes sociais: Facebook | Linkedin | Instagram | Youtube

Texto escrito por: Sâmara Silva

Postado em Empreendedorismo, Franquia, Sem categoriaTagged , , , , , , , ,