Como calcular os impostos de uma empresa

Para saber como calcular os impostos de uma empresa, é preciso compreender os tipos de empresas que se pode abrir no país e seus regimes tributários. A questão costuma ser desafiadora para muitos empresários, e quem não está familiarizado pode cometer equívocos facilmente.

O cálculo da carga tributária é fundamental para que a empresa possa definir diversas variáveis dentro do negócio. Uma delas, por exemplo, é o preço a ser cobrado pelos bens ou serviços oferecidos.

como calcular os impostos de uma empresa - tabela
Como calcular os impostos de uma empresa

Como calcular os impostos de uma empresa, e quais os tipos?

Existe principalmente dois conjuntos de impostos que impactam o negócio. O primeiro é o que recai sobre o negócio da empresa, que varia de acordo com a natureza da atividade, se é indústria, comércio ou serviço, e dentro de cada uma dessas divisões, há ainda outras variações.

O segundo conjunto de impostos é aquele que incide sobre a folha de pagamento, e são inseridos ai os encargos trabalhistas. A contratação de funcionários deve sempre considerar os impostos sobre o salário de modo a indicar com exatidão o custo da mão de obra.

Quais são os tipos de empresas?

Existem empresas com muitas naturezas jurídicas possíveis e que variam de acordo com seu porte e consequentemente com o enquadramento tributário. Podemos destacar:

  • Microempresário Individual
  • Sociedade Limitada
  • Sociedade Anônima
  • Empresa de Pequeno Porte.

Entendendo o que implica cada uma, é possível saber a que melhor se encaixa ao seu negócio.

Quais os tributos cobrados?

Os principais tipos de impostos cobrados são

  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ): imposto sobre o rendimento das empresas, cobrado para todas as pessoas jurídicas e empresas individuais sendo calculado de acordo com o regime tributário da empresa em questão.
  • Contribuição Social sobre o Faturamento (COFINS): É uma contribuição federal que incide sobre o faturamento da empresa, com a finalidade de financiar a seguridade social.
  • Contribuição para o Programa de Integração Social (PIS): contribuição federal e de cunho social, que se destina a arrecadar a verba para o pagamento do abono, seguro-desemprego e participação na receita dos órgãos e entidades.
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS): imposto estadual que incide sobre as operações relacionadas à circulação de mercadorias e alguns tipos de prestação de serviços.
  • Imposto Sobre Serviços (ISS): tributo municipal que incide sobre a prestação de serviços. Todas as empresas que realizam a prestação de serviços de qualquer natureza deverão contribuir.
LEIA  Como o BPO Financeiro pode ajudar sua PME?

O valor da alíquota de cada um destes impostos e ate mesmo a obrigatoriedade é determinada pelo regime tributário adotado pela empresa, sendo as opções escolhidas de acordo com porte e faturamento.

Quais Regimes Tributários existentes?

Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos, criado com intuito de facilitar a vida do empreendedor de pequeno porte. Ele unifica oito impostos municipais, estaduais e federais em um único boleto com vencimento mensal e reduz sua carga tributária.

Lucro Presumido

O Lucro Presumido é um modelo de tributação ligeiramente mais complexo que o Simples Nacional, mas ainda pode ser considerado um modelo simplificado. É  baseado nos principais impostos federais, sendo o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL).

Lucro Real

Esse regime pode ser utilizado por qualquer empresa, Contudo, é mais escolhido pelas empresas de grande porte, tendo em vista que é um sistema mais complexo. Algumas empresas são obrigadas a adotar esse regime, como por exemplo as organizações que realizam atividades bancárias de investimentos e financiamento.

É importante conhecer todas as informações mencionadas anteriormente para   saber como calcular os impostos de uma empresa. Além disso, ele permite identificar qual regime tributário melhor se ajusta ao seu negócio para a empresa possuir um bom planejamento financeiro.

Entretanto, há uma série de detalhes que só um contador estará apto a desenvolver e conseguir obter a menor carga tributária possível. Para obter o melhor resultado é sempre importante contar com uma empresa confiável.

A VERS atua na contabilidade da sua empresa, guiando resultados, e ajudando na sua tomada de decisões para que você tenha o melhor planejamento tributário e um atendimento de qualidade superior. Se você se interessou, entre em contato conosco, e nos acompanhe também no Linkedin

como calcular os impostos de uma empresa

Postado em Financeiro