Saiba qual é a importância da ética na profissão contábil

A ética de um profissional refere-se ao seu comportamento moral no que diz respeito a informações e conduta da empresa. A ética na profissão contábil é fundamental, pois esse profissional lida com informações de extrema importância para a vitalidade da empresa. 

Embora algumas pessoas simplesmente tenham um comportamento ético espontâneo, outras conseguem adquirir isso com o passar do tempo. Quando o assunto é profissional, a ética se torna essencial.  

Para padronizar a atividade de contadores, foi instaurado um código de ética na profissão contábil, que visa justamente ditar comportamentos adequados e atitudes assertivas que devem se adotados pelos profissionais. 

Ética na profissão contábil _00001

Veja a importância da ética na profissão contábil

O profissional de contabilidade que atua hoje no mercado de trabalho segue uma série de normas impostas pela legislação vigente, mas, além disso, ele também deve considerar o código de ética que rege a profissão.  

  • Mas afinal, quais são as responsabilidades éticas do profissional de contabilidade? 

Já sabemos que o contador é fundamental para o funcionamento de uma empresa. Ele lida com os documentos contábeis, que são relatórios relacionados, por exemplo, ao balanço patrimonial, demonstrativos dos fluxos de caixa e dos resultados. 

Faz parte da obrigação ética do profissional de contabilidade prezar pela credibilidade das informações divulgadas além da absoluta transparência nos negócios. Mas o principal ponto a ser considerado é aquele que diz respeito ao sigilo. 

O contador, seja ele contratado da empresa ou de um escritório externo, tem acesso a documentos, dados e informações de altíssimo valor para a empresa. Manter o devido sigilo com relação a isso é fundamental, e compõe uma das obrigações do profissional de contabilidade. 

Manter-se antenado as mudanças na Legislação é uma forma de não cometer erros 

Os contadores precisam estar cada vez mais preparados para o mercado, pois as exigências não param de crescer. Ele deve, por exemplo, manter total atenção ao que diz respeito às mudanças de legislação, atualizações de código e normas.  

A falta de ética e de conhecimento pode levar um profissional a desencadear um verdadeiro escândalo contábil, expondo de maneira prejudicial as condições de uma empresa ou corporação.  

  • O contador e a comunidade contábil: 

Outro fato que deve ser debatido é como a postura errada de um profissional pode prejudicar toda uma classe. Se um contador não age de forma coerente com aquilo que aprendeu, e que lhe foi designado, a princípio ele pode prejudicar somente a si e a empresa para a qual presta serviços.  

Mas é inegável que com o tempo, esses casos tendem a colocar em dúvida a postura de toda a comunidade contábil, comprometendo assim a atuação de todos os profissionais do ramo.

Caso Enron – a manipulação contábil e sua periculosidade

Considerado um dos maiores escândalos da história, a falência da gigante americana Enron teve grande participação do departamento de contabilidade, que ajudou a corporação a maquiar dados, gerando assim uma mega operação de manipulação de mercado.  

Durante anos, a empresa manipulou os dados referentes à sua saúde financeira, vendendo uma imagem próspera e valiosa. Ao final, a sua falência gerou um rombo de 1,5 bilhão de dólares.  

Dentre as estratégias usadas, estava a forja de balancetes que apareciam com prejuízos enxugados e lucros inflados, quando na verdade a gigante, considerada uma das 7 empresas mais importantes dos Estados Unidos, estava afundada em um mar de dívidas.    

Dentre os acusados, a auditora interna Arthur Andersen, responsável por assegurar e documentar a situação financeira da Enron foi apontada como uma das participantes da fraude.  

Além de aprovar a documentação fraudulenta, e acobertar as informações, Andersen também teria participado da destruição de provas que poderiam acabar com a farsa. 

Ética na profissão contábil _00002

Para a comunidade de contabilidade esse é um caso que será eternamente lembrado, e que obviamente expressa a importância e a relevância do papel do contador dentro de uma empresa.  

Guardadas as devidas proporções, um contador que não atua de maneira correta, e não preza pela ética na profissão contábil pode sim afundar a todos em um mar de mentiras que um dia serão desvendadas, e cuja solução já não existirá mais.  

Por isso é essencial debater e questionar quais são as responsabilidades éticas desse departamento, e da mesma forma é fundamental que alunos e profissionais conheçam e debatam as questões éticas que envolvem o desempenho da profissão.  

A Ética na profissão contábil é um assunto que sempre está em pauta, e que é realmente fundamental que esteja. Assim é possível alertar novos profissionais a agirem de maneira coerente para se resguardar e resguardar aos demais atuantes. 

As boas práticas de governança corporativa estão diretamente relacionadas à ética na profissão contábil. Quando a profissão é desempenhada de maneira correta e cuidadosa, todos podem lucrar e se prevenir contra problemas cujas proporções são incalculáveis.

Acompanhe nossas redes sociais para receber os novos conteúdos em primeira mão:

LEIA  Como funcionam as franquias de Contabilidade

Facebook

Linkedin

Postado em Contabilidade