Empreendedor: Como alcançar seu Propósito (segundo post)

No post anterior nós iniciamos uma série de posts sobre como alcançar seu propósito empreendedor. Este é o segundo post e último artigo desta série.

Agora vamos nos aprofundar nos princípios que foram indicados anteriormente.

Princípio 1: “Diga o que quer e não o que quer evitar.” Porque a meta impulsiona o destino e fornece a direção para onde se deve caminhar o propósito. Uma meta positiva é muito mais impulsionadora para a ação do que uma meta restritiva, limitadora. Faça perguntas-chaves para buscar seu propósito.

No caso Wizard, surgiu a ideia de abrir uma rede de escolas de idiomas. Então era pesquisar: além do que se tem hoje no mercado, o que mais se quer?

Quando o meu sonho se concretizar, o que trará de satisfação pessoal, remuneração, seja o que for? Repare que é preciso se questionar, no entanto, centrando-se em valores. No valor de poder ajudar pessoas a crescerem e se desenvolverem. De dominarem um idioma, o que pode influenciar a vida de cada uma dessas pessoas, propiciando maior acesso à educação, oportunidades de carreira, entre outros benefícios.

Princípio 2: Estabeleça metas desafiadoras e realistas. Meta é algo sério; se estabelecer uma meta inatingível, não gera a força necessária para ir à ação. Então a meta deve ser atingível, mas não muito fácil. Uma meta desafiadora te leva para a ação. Caso contrário, entra-se numa zona de conforto, o que não ajuda quando se quer implementar um plano de ação para o nosso negócio.

Princípio 3: Outro ponto é que se deve influenciar os resultados diretamente. A meta tem que estar sob o seu controle pessoal. Você tem que ser responsável por fazê-la, não outra pessoa. Outros poderão te ajudar? Com certeza. Mas para isso você precisa declaradamente pedir ajuda. Não precisa estar sozinho nisso. Não responsabilizando-se pela meta, não se consegue levá-la para onde é necessário. Todos os seus planos e metas devem começar com a frase “Eu irei”, seguida pela ação que vai fazer. As perguntas-chave para esse princípio de influenciar os resultados diretamente são: “Essa meta está sob meu controle?”; “O que eu vou fazer para atingir essa meta?” Isso passa a responsabilidade para você. Não é que se deva centralizar tudo; no caso da Wizard, por exemplo, buscou-se descentralização. Mas ao implantar um propósito, no primeiro momento, a responsabilidade e influência deve ser sua.

LEIA  Empreender com franquias vale à pena?

Princípio 4: E como vai medir seu progresso? Quais são seus indicadores? Metas têm que ter prazos. Estabeleça-os firmemente. Monitore então constantemente o seu progresso por meio de seus indicadores.

Propósito empreendedorSuponhamos, hipoteticamente, que, quando tiver implantado mil escolas, atingimos um primeiro passo da meta. Se ela é de 3 mil ou 30 mil, já se possuem indicadores que mostram um avanço considerando o prazo designado para atingir aquela meta. Então, temos as perguntas-chave: “Quando?” e “Como medir?”

Princípio 5: Checar os seus recursos. Se você tem um plano de ação, cheque os recursos que tem para isso. Pergunte-se: “Que recursos eu tenho?”; “Quando, onde e de quem posso conseguir mais ajuda?” Não é vergonha pedir ajuda. Se você tem um sonho e o compartilha, se esse sonho tem uma visão e missão fortes, um propósito forte, verá que pessoas se aliarão. Diz-se que, segundo Goethe, “o Universo conspira a favor quando você sabe o que quer.”

Propósito empreendedor- trabalho em equipe Vale também se questionar: Que experiência de vida tenho que pode me ajudar? No caso do Carlos, empreendedor da Wizard, ele viajou para outros países, aprendeu inglês com missionários, ficou fora um determinado tempo, teve que realizar uma série de tarefas que lhe agregaram uma série de competências e habilidades que ele pode usar depois no próprio negócio.

Note que os recursos podem ser: dinheiro, objetos, imóvel, tudo o que você tiver; ou pessoas que possam ajudá-lo. Faça uma lista dos recursos disponíveis para atingir as suas metas. Fica mais fácil de acompanhar.

Princípio 6: Saiba qual é o custo das suas metas. O que se entende por isso? Pode ser o recurso financeiro, o tempo empregado ou ainda considerar que toda vez que se ganha algo, também perde algo.

LEIA  Marca nova ou marca consolidada no mercado? Qual escolher na abertura da sua franquia?

No caso da Wizard, em um momento o empreendedor Carlos recebeu uma carta da esposa dizendo que ela e os filhos estavam ansiosos por tê-lo em casa. Pois ele estava tão comprometido com as metas para desenvolver o seu negócio, que isso afetou o tempo e o cuidado com a família. Mas são fatores que precisam estar balanceados. É preciso pensar a respeito de pessoas importantes na sua vida. Como elas serão afetadas por sua meta? Pode ser que seja por sua ausência de casa por um período. Mas é preciso negociar, de modo a resolver conflitos.

Propósito empreendedor - eu interior Como manter algo que é bom e positivo em relação ao estado presente? Se você tem qualidade de vida, uma qualidade de relacionamento familiar, como fazer para, mesmo implantando as suas metas, manter esse estado presente, para que se tenha a tranquilidade necessária? Você precisa disso para continuar desenvolvendo o seu plano de ação e a sua meta.

Princípio 7: Você precisa fazer um plano de ação. Aprender está no fazer, então tenha uma atitude sempre de aprender. O próprio Carlos Wizard Martins hoje está aprendendo chinês. Porque ele viu a China como uma economia extremamente potencial. O empreendedor está aprendendo sempre; pois você, como empreendedor, é o cliente e o fornecedor do seu projeto de vida; de modo que aprender faz parte das competências necessárias para um bom empreendedor.

Esse é o momento quando as metas maiores são divididas em menores para conseguir cumprir todas elas. Se você tem uma meta muito grande, isso vai desanimar, porque parece impossível. Você deve estudar as metas maiores, questionar o que te impede de atingi-las e então estabelecer metas menores e mais específicas. Dessa forma, vai superando os obstáculos. Passo a passo, sem pressa, para nascer forte e se realizar.

LEIA  Benefícios de fazer a abertura de empresa online com a Vers Contabilidade!

Se a sabedoria está no aprender, a paciência é uma virtude para o empreendedor. Acompanhe o desenvolvimento das suas metas. Revise-as sempre. Vá acompanhando e revisando. É necessário mudar? Não é vergonha. Mude. Primeiro se dá um passo para poder dar dois; porém, também muitas vezes na vida, inclusive na do empreendedor, é preciso recuar um passo, ganhar a força necessária, que então se poderá dar dois ou três passos numa sequência até mais rápida.

E gratifique-se quando atingir suas metas; comemore este momento. Comemore com as pessoas que estão te ajudando, comemore com os amigos. Agradeça a seus parentes e amigos, pois não subimos só pela força que temos, mas pela dos amigos que nos querem bem.

Você é um sonhador, um visionário, um empreendedor? Precisa de uma rede de relacionamentos muito forte; o que também vai servir como recurso para você atingir o seu propósito e realizá-lo.

O que lhe pareceram essas dicas de metodologia? Razoáveis? Factíveis? Já as aplicou em sua vida e planejamentos? Pretende fazê-lo a partir de agora? Algo não deu certo? Repense e comente, siga interagindo conosco.

Postado em EmpreendedorismoTagged , , , , , , , , ,