O Marketing Digital – Uma visão geral – segunda parte

Hoje falaremos como o marketing digital possui diversas ferramentas que o auxilia em sua atividade, no entanto, cada segmento de negócio ou empresa pode utilizar-se de uma ferramenta diferente dependendo dos seus setores.

Por isso, citaremos e explicaremos as mais utilizadas e conhecidas nos meios do comércio eletrônico.

o marketing digital2

Vale lembrar que este post é a segunda parte de uma matéria dividida. Para acessar a primeira parte, clique AQUI.

Veremos agora as ferramentas mais utilizadas para transformar o marketing tradicional em e-marketing que proporcione as melhores experiências on-line para cada empresa, são:

  • E-product marketing
  • E-research
  • E-pricing
  • E-promotion
  • E-audit
  • E-commerce
  • E-advertising
  • E-branding
  • E-communication
  • Trade marketing

 Para entendermos melhor cada uma dessas ferramentas, antes de adentrarmos na melhor forma de aplicar o marketing digital dentro das empresas, estudaremos o que cada uma delas pode proporcionar e suas definições de forma resumida, porém, bem objetiva e direta.

 

 As ferramentas do marketing digital

Existem centenas de ferramentas que podem ser aplicadas n o marketing digital, contudo, abordaremos as dez mais importantes e mais utilizadas pelas empresas

  1. E-Product

O E-Product baseia-se numa série de estratégias d o marketing digital que proporcionam uma interação entre o produto/serviço ofertado pela empresa e o cliente.

  • Marketing viral

É uma estratégia que possibilita a propagação de mensagens comerciais a um ritmo exponencial e permite uma comunicação autopropagada. Assim, conteúdos podem ser compartilhados e divulgados pelos clientes e se transformarem em virais. Exemplos de sucesso de marketing viral é o Hotmail, um dos pioneiros do serviço de webmail e dessas campanhas e propagandas que viralizaram logo no início da internet, devido seu potencial de espalhar informações aos usuários e despertar a curiosidade no seu público alvo.

  • Search Engine Optimization (SEO)

Popularmente conhecido como SEO, o Search Engine Optimization, nada mais é que uma página de conteúdo otimizada, ou seja, melhorada para se adequar às ferramentas de buscas das páginas de pesquisa. O SEO possibilita que os sites das empresas fiquem melhor colocadas ao serem procuradas através de palavras chaves, assim, os conteúdos são exibidos logo nas primeiras páginas das pesquisas. Contudo, SEO é uma otimização natural e não comercial, o que o difere do SEM.

  • Search Engine Marketing (SEM)

O SEM permite que as empresas se utilizem de links pagos nos motores de pesquisa, links patrocinados em sites de busca e pesquisa, novamente utilizando-se de palavras-chaves relacionadas à atividade de cada empresa. Assim, essa estratégia atrai internautas para os seus sites através desses links patrocinados e permitem uma visibilidade maior de sua marca, empresa ou propaganda.

  • On-line product configurators

Essa estratégia de configuração on-line é uma aplicação incorporado aos sites, potencializando possíveis compradores ao personalizar o produto das empresas através de ações disponíveis.

  • On-line product verifiers

Os verificadores on-line é parecido com o configurador, entretanto, não se foca na personalização, mas, sim, em mostras os produtos das empresas de todas as perspectivas possíveis aos seus clientes.

LEIA  Com os aspectos jurídicos do seu negócio, você sabe lidar? Parte 2

 

  • E-Research

As estratégias do E-Research sobre o marketing digital são voltadas ao cliente, seus gostos e preferências para que as empresas acertem na hora de enviar propagandas e promoções, além de atrair clientes com ofertas certeiras.

  • VRM: Determining navigation profiles

Visitor Relationship Management aplica-se ao se extrair informações de valor dos visitantes dos sites das empresas para informa-las quais são as preferências dos seus usuários. Essa estratégia coleta o máximo de informação possível, sobre anúncios e produtos que os usuários acessaram ou pesquisaram nos seus sites para, depois, se a empresa achar necessário, enviar ofertas e promoções certeiras para os seus clientes.

  • E-Surveys

É uma ferramenta de ajuda nas pesquisas de mercado a partir de três pontos de vistas diferentes: apoiar o relacionamento entre a empresa e o cliente e verificar se seus produtos e atendimento estão satisfatórios; ajudar no processo de avaliação dos clientes para que os produtos sejam melhorados; e definir a competitividade e melhorar o posicionamento das marcas ao comparar preços para a elaboração de boas ofertas.

 

  • E-Pricing

O E-Pricing é uma estratégia de marketing digital focada em pesquisas de preços e valores, assim, possibilita que as empresas permaneçam competitivas no mercado e auxilia na criação de ofertas.

  • E-audictions

São leilões diretos onde se oferece produtos ou serviços à usuários que licitam de forma ascendente ou descendente, contudo, os leilões mais interessantes às empresas são os leilões invertidos, ou seja, aqueles onde aqueles que vencem são produtos com a melhor oferta, as empresas disponibilizam os produtos ofertados e vão se adequando às ofertas de outros anunciantes e por aí vai. Sendo assim, o E-Pricing é bom para as empresas para ganhar clientes através de produtos ofertados e bom também aos clientes, por sempre poderem adquirir os produtos mais baratos.

  • Prices digital temporization

São algoritmos do E-Marketing que possibilitam que ofertas de produtos ou serviços sejam temporalizados nos sites das empresas em determinados preços e, após o tempo estipulado, os produtos voltam aos seus valores normais, assim, muitas das promoções passam a ser relâmpagos, numa noite ou um dia específico, por exemplo. Isso também atrai os clientes para os sites das marcas, pois, uma empresa expõe ofertas no seu site atrai mais os seus clientes a ir visita-los e conferir as promoções.

 

  • E-Promotion

Essas são estratégias sobre o marketing digital voltadas aos aspectos de comprar e à criação de ofertas e promoções, suas ferramentas são:

  • Point of sale and e-management

Esse é um novo conceito de venda inteligente, ou seja, permite minimizar o tempo de comprar dos produtos e aumentar a satisfação dos seus clientes ao facilitarem todos os processos que envolvem a compra.

  • On-line cupons

Essa ferramenta tem como objetivo a criar e propagar cupons de descontos, seja para clientes antigos ou novos clientes. Assim, as empresas atraem à atenção dos usuários com descontos na compra dos seus produtos.

  • Podcasting

Podcasting, nada mais é, que a criação e distribuição de arquivos via RRS aos utilizadores que escolheram receber newsletters. Essa ferramenta pode atuar de duas formas diferentes: na primeira, desenvolvendo Podcasts com conteúdos explicativos sobre as características dos produtos ou das empresas; e na segunda, oferece patrocínio a Podcasts de terceiros para divulgarem os seus produtos. Contudo, essa ferramenta também pode se apresentar através de vídeos e não só através de áudios.

LEIA  Entenda como a Contabilidade online pode ajudar seu negócio.

 

  • E-Audit

Essa estratégia sobre o marketing digital envolve a quantificação de acessos ou clientes alcançados através do seu marketing digital.

  • E-CRM

O E-CRM é a capacitação de dados de acessos e informações passadas através do seu site para os clientes.

  • E-GRPs

O E-GRP consiste em estimar o número de utilizadores únicos, de IPs diferentes, e não contabilizam computadores registrados no mesmo IP. Assim, as empresas podem separar e quantificar de forma exata quantos são e de onde vem seus clientes.

 

  • E-Commerce

O E-Commerce é uma estratégia sobre o marketing digital que foca na venda de produtos das empresas de forma eletrônica, através da Internet. Suas principais ferramentas são: o Marketplace e o E-Commerce Portals.

 

  • E-Advertising

O E-Advertising é uma estratégia do marketing digital que consiste em na interligação de links que levem os clientes aos sites das empresas, seja através de textos, vídeos ou até mesmo propagandas espalhadas pelas redes.

  • Contextual Advertising

Essa ferramenta liga os links através dos anunciantes, seja acompanhada por textos interativos ou apenas imagens, espalhadas em páginas na web através das propagandas pagas ou patrocinadas.

  • Bluecasting: proximity marketing

Através da tecnologia Bluetooth, que possui um dispositivo único em cada aparelho móvel conectado à internet e que contenha essa tecnologia disponível, as empresas expandem seus anúncios e expandem suas publicidades gratuitas.

  • Rich Media ADS

Aqueles banners tradicionais de animação são de baixo custo e proporcionam uma forma de publicidade mais barata, por isso, sempre encontramos tecnologias espalhadas em aplicativos de celular e até mesmo em sites e blogs.

  • Avatar Marketing

É uma segunda identidade que os clientes usuários optam por representar a si mesmos no mundo virtual.

  • E-mail marketing

São propagandas feitas através de e-mail após os clientes se cadastrarem para receber mais informações sobre a marca, empresa ou produto.

LEIA  Como transformar os seus clientes em fãs.

 

  • E-Branding

São ferramentas do marketing digital disponibilizadas pelas empresas para a interação dos usuários com sua marca e produtos. Essa interação pode acontecer das três seguintes formas:

  • Web 2.0

Esse é o conceito de segunda geração da web, tendo como a web um conceito de plataforma para uma comunidade e serviços na internet com alcance na partilha de informação.

  • Corporative Blogs

Blogs são ferramentas onde as empresas podem criar uma proximidade maior com os clientes, pois, esse tipo de plataforma possibilita uma maior interação do que um site. Muitas empresas também utilizarem uma rede de blogs para auxiliarem na divulgação de marcas e propagandas.

  • On-line game marketing

As empresas passaram a dar mais atenção aos jogos da internet, que atraem diversas pessoas às redes para o entretenimento lúdico. Por isso, muitas empresas passaram a manter uma publicidade através desses jogos e, até mesmo, passaram a criar e disponibilizar jogos exclusivos da sua marca apara atrair usuários.

 

  • E-Communication

Refere-se à estratégia de marketing digital que foca na comunicação entre cliente e empresa, suas opiniões sobre os produtos, o relacionamento entre os usuários, as expectativas, enfim, tudo o que se refere à comunicação do marketing digital, desde a comunicação entre os próprios empregados da empresa, clientes, parceiros, acionistas e distribuidores.

 

  • Trade Marketing

Essa estratégia do marketing digital engaja-se nas negociações de publicidade entre parceiros e as empresas, ou seja, quando a empresa anuncia em outro canal ou site, os lucros relacionados desses parceiros (seja por clique ou por venda) é tudo calculado pelo trade. Como também, as parcerias mais eficazes e vantajosas para cada segmento ou setor de cada marca.

o marketing digital

Ao aplicarmos corretamente as estratégias e ferramentas do marketing digital podemos lucrar e muito com propagandas mais certeiras e diretas aos seus clientes sempre oferecendo aquilo o que eles procuram

Enfim, não é necessário se aprofundar tanto em todas essas estratégias e ferramentas do marketing digital, pois, nem todas possam ser utilizadas pelas suas empresas, então, cabe aos profissionais designados adotarem as medidas e ferramentas que acreditam serem mais eficazes para cada tipo de negócio.

Contudo, é preciso que você tenha um conhecimento básico sobre cada um desses métodos e estratégicas para montar um marketing digital adequado ao seu tipo de negócio.

Portanto, esperamos ter lhes ajudado a aprender um pouco mais sobre as estratégias e ferramentas do marketing digital com o texto de hoje.

Postado em MarketingTagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,