Startup: Definição e como gerenciar – segunda parte

Olá!Bem vindo a mais um de nossos bate-papos empreendedores. Hoje falaremos sobre como gerenciar uma startup.

Na nossa outra conversa, falamos sobre a definição mais básica do que é uma startup. Hoje continuaremos o nosso papo sobre como gerenciar uma Startup.

Complementando o que foi dito, trata-se de uma empresa inovadora, com planos de negócios organizados e acima de tudo, ágil.

Menos é mais

Toda empresa que se preze precisa de organização, para atingir grandes empresas, é necessário primeiro, fazer seu nome.

startup - ferramentas

Todo mundo começa de baixo, mesmo contando com uma boa quantia financeira, o que importa mesmo é a reputação.

Mesmo conhecendo as pessoas mais influentes, como diz um certo ditado, no mundo dos negócios, ninguém faz um investimento só pela amizade.

Verdade seja dita, o que vale mesmo é o que você tem a oferecer. Não é nada pessoal, é só o capitalismo sobrevivendo.

Com isso, queremos expor que para atingir grandes empresas, você terá que começar pelas pequenas.

A sua reputação se constrói todos os dias, e saber como construí-la é o segredo para o sucesso.

Um dois maiores exemplos de confiança que uma empresa pode transmitir é através dos chamados cases.

Essa palavra é muito conhecida atualmente e é usada para denominar uma parceria de sucesso entre duas empresas.

Não basta vender, tem que funcionar!

A Idea do case é uma estratégia de marketing na qual você vende o seu serviço mostrando não só que ele funciona mas também que ele é utilizado por outras pessoas.

É como se você fosse acessar um site de e-commerce e antes de comprar, verificasse os comentários feitos por outros usuários, referentes à qualidade do produto, prazo de entrega, etc.

LEIA  Franquia de contabilidade é um bom negócio?

As pequenas empresas serão os seus cases. Isso passa tranquilidade e segurança para o consumidor.

startup - planejamento

Para que você tenha exemplos de parcerias que deram certo, precisa antes estruturar corretamente a fórmula que irá seguir em sua atuação.

Prezar pelo seu atendimento. Estabelecer metas, priorizar prazos, tudo isso.

Não se desespere! Com certeza, em algum momento, alguém ficará interessado no que você tem a oferecer.

Existem aqueles que irão gostar do serviço, mas não da forma como ele foi pensado. Dividimos então em dois grupos: O primeiro é dos que irão simplesmente recusar, porque as coisas não estão prontas.

Algumas pessoas ou empresas esperam que você tenha tudo pronto e formatado, para que elas só assinem o contrato.

O segundo grupo é o que realmente irá te ajudar com seu crescimento. É o grupo que mesmo que sua proposta não atenda a 100% das expectativas, irá adaptar a sua ideia às próprias necessidades e ainda poderá te dar dicas de como melhorá-la e do que se espera de uma empresa no seu ramo de atuação.

Esses possivelmente serão os parceiros que você terá ao seu lado por muito tempo e que lhe mostrarão as primeiras diretrizes do seu negócio.

Outro recurso poderoso é chamado de marketing de conteúdo, usado principalmente para adaptar sua proposta com o objetivo de torná-la o mais atraente possível além de gerar uma visão positiva para a sua marca.

O caminho para a startup

Se você for capaz de atender com qualidade aos pequenos parceiros, poderá atingir grandes empresários mantendo o nível de excelência.

Essa é a grande sacada da startup, os plano de negócio são repetitivos e portanto, independente do porte da empresa, tudo se baseia no investimento.

LEIA  Resiliência: como tirar proveito do fracasso

Entenda esse investimento como sendo tudo que agregue positivamente para que o seu negócio cresça saudável.

A qualidade dos serviços prestados, dos profissionais envolvidos, dos conhecimentos e experiências que foram estudados até atingir o esperado.

Se pararmos para pensar, estamos falando novamente sobre construir uma reputação.

Se você é um  leitor assíduo do nosso blog, irá notar que em muitas de nossas publicações, poderíamos definir como palavra-chave, a palavra informação.

Buscar informação é essencial para quem quer ter sucesso. A informação nos mantém atualizados, nos orienta, nos educa e mais do que isso, nos protege.

Sem o devido conhecimento, qualquer tipo de investimento pode se tornar arriscado.

Para ter sucesso em qualquer ramo, devemos estar sempre  bem informados.

Ter sucesso é atingir o esperado. É ser feliz com aquilo que se faz.

Ser feliz como empresário é saber que o seu cliente está feliz, que ele está satisfeito, que seus colaboradores estão satisfeitos.

Saber que você conseguiu aumentar a produção, e que deixará mais pessoas satisfeitas. É saber que seu produto agrega valor à vida das pessoas.

Uma pequena empresa, pode sim formar grandes parcerias, produzir em larga escala, ter um nome conhecido e atender a diversas regiões.

Gerenciar seu negócio é alimentar sonhos, sonhos que esperamos que tenham ganhado força ao longo de nossas duas conversas dessa série.

Encerramos por aqui a série sobre startup e como transformá-las em grandes empreendimentos.

Você já leu o primeiro post dessa série? O que achou do conteúdo que preparamos para você?

Deixe seus comentários! Agradecemos mais uma vez pela leitura e até a próxima!

Postado em Empreendedorismo