Porque você deve fazer uma gestão eficiente

Na semana passada, o blog da Vers comentou sobre a importância do planejamento financeiro na geração de novos recursos.

Dentro dessa lógica, é fundamental que haja um planejamento para que a negociação com fornecedores, principalmente em momentos de crise, seja facilitada.

No post de hoje, o tema continuará o mesmo, mas o assunto abordado será como fazer a gestão eficiente da sua empresa, nos pontos de vista financeiros e de recursos humanos.

A importância da gestão eficiente

Gestão eficiente é tudo
Gestão eficiente é tudo

Quando se fala de gerir uma empresa com pouco dinheiro e recursos, é necessário de qualquer maneira entender o que está acontecendo com o negócio.

Muitas vezes está faltando dinheiro, e acredita-se que isso ocorre por causa dos prazos.

Às vezes, se acredita: “é porque eu estou vendendo pouco, por isso que está faltando dinheiro”, e não era esse problema. O vender menos podia estar te gerando menos resultado, mas a falta de caixa não era por estar vendendo menos, era por questões de prazo.

Então, é importante ter algumas ferramentas financeiras.

Para administrar uma empresa, tanto faz o porte dela, não se faz necessário mais do que 4 ou 5 folhas sulfite em cima da mesa.

De verdade, 4 ou 5 folhas em cima da mesa.

Aquela história de ter um caderno, um calhamaço de informações e gráficos, não existe mais porque ninguém tem tempo mais para fazer isso, nem para fazer e muito menos para analisar.

04 ou 05 folhas sulfites são suficientes, de verdade.

É importante ter:

  • DRE, o demonstrativo de resultados, receita, gastos e resultado.
  • Fluxo de caixa, onde vai me mostrar os próximos 60 dias, o que se tem para receber, para pagar e o saldo de cada dia, o saldo acumulado naquele dia.
  • Planilha de custos – quanto custa e por quanto vai ser vendido?
  • Planejamento orçamentário – o que se espera para o próximo ano? O que se espera para os próximos meses? Receitas, despesas e custos, os gastos, e resultado.
LEIA  Entusiasmo: Alternativas de como tirar proveito do fracasso

Se você tiver esse planejamento, você pode todo o mês fazer o fechamento, que é o DRE e confrontar com esse planejamento e com este orçamento.

Ainda existe uma quinta que é para quem tem estoques, para quem tem financiamentos, ou para quem tem planos para receber a longo prazo.

Para esses casos, vale a pena ter um balanço ou balancete.

Assim, você consegue analisar estoque, consegue analisar os títulos a receber, consegue analisar o que tem em caixa, em conta corrente, em aplicações, em maquinários e etc.

Uma administração simples é muito mais eficiente, muito mais vantajosa do que aquela empresa que quer ter uma série de informações e não tomar as decisões no tempo certo.

Forçando a barra, ainda é possível falar de uma sexta.

Pode ser importante para a sua empresa, levantar o estoque médio, levantar o giro de estoque, qual o prazo médio que os clientes estão pagando, qual a média do prazo que você está pagando seus boletos.

Na geração de recursos para uma empresa, não só as finanças são importantes, vários recursos podem ser escassos como o RH, ou as pessoas.

A gestão de RH

É possível ter problemas financeiros para contratar pessoas boas de fato.

Quem vai produzir? Quem vai ficar fazendo as planilhas financeiras? Quem vai rodar a folha de pagamento?

É importante que haja a gestão eficiente dos recursos humanos dentro de uma empresa. Nessa linha, não necessariamente a capacidade de fazer um serviço dentro de casa, é possível terceirizar.

Ao mesmo tempo, você como empresário que está começando o negócio e não tem tanto dinheiro assim, pode pensar em diversas formas para se capacitar.

LEIA  Quer trabalhar na Vers? Então vem!  

Há uma série de assuntos que dá para você ir se capacitando, aprendendo, ganhando, se especializando sem que necessariamente custem tanto.

Imagem3

Você pode participar de encontros de empresários, onde começam a surgir ideias importantes, ideias relevantes, ideias que vão fazer diferença no seu negócio.

Existem vários grupos de empresários espalhados, existem associações comerciais, câmaras de comércio, onde, por uma mensalidade ou uma anuidade, você consegue participar desses encontros todos, nem que seja só para escutar em um primeiro momento.

Existem livros, revistas, jornais, além de conversas com contador, com advogado, enfim, você ganhar sim esse conhecimento sem necessariamente estar colocando muito dinheiro.

Essas são várias outras possíveis soluções, às vezes tão boas quanto, e que você pode fazer para ganhar um pouquinho mais de senioridade.

Não necessariamente você precisa ter uma pessoa em período integral trabalhando para você.

Já vai ser o caso, por exemplo, com advogado quando ele precisar olhar um contrato. Você não precisa ter um advogado lá dentro da empresa, dependendo do porte da sua empresa.

Contador é a mesma coisa. Consultorias. Se você não tem porte para ter um gerente financeiro, um gerente de recursos humanos, um gerente de produção, um gerente de TI, contrate consultorias.

Consultorias que vão colocar recursos tão sêniores quanto um gerente, tão sêniores quanto um diretor, mas não necessariamente você precisa pagar por um período integral;

Contrate por períodos, por horas, por trabalhos e você vai ter uma mão de obra super especializada a um preço bem mais honesto, bem mais justo para esse teu primeiro momento.

LEIA  Saiba o que fazer para aprimorar o departamento pessoal de sua empresa

Tanto o lado financeiro quanto o lado de recursos humanos tem que ser gerido sempre com a visão de trazer eficiência e competitividade para a sua empresa.

Isso é ainda mais fundamental em momentos de crise.

O Vers tem total capacidade de te auxiliar com uma consultoria contábil de modo a trazer enorme eficiência a sua empresa, conforme falamos acima.

Que tal checar um orçamento?

Gostou do post? Comente abaixo e fique por dentro de todas as nossas dicas sobre a gestão da sua empresa!

 

Postado em Recursos Humanos