Como fazer o fluxo de caixa da minha empresa?

Não há dúvidas sobre a importância de que pequenas e médias empresas tenham um bom controle de seu fluxo de caixa. Afinal, sem dinheiro a empresa não conseguiria honrar seus compromissos, pagar seus funcionários etc. Dessa forma o seu objetivo final, que é auferir lucros, seria prejudicado.

Quer aprender como fazer o fluxo de caixa da sua empresa? Confira tudo que você precisa saber a seguir!

O que é o fluxo de caixa?

Trata-se de uma ferramenta de controle de entrada e saída dos recursos financeiros de uma empresa. Com ela, o gestor poderá se precaver com relação a possíveis situações adversas pelas quais sua empresa pode vir a passar. Por meio do fluxo de caixa, a empresa saberá o quanto precisa pagar ou receber em determinado período, verificando o saldo final.

Se você sabe que daqui a 30 dias terá determinada conta a pagar, poderá se programar para isso — sem gastar ou investir seu dinheiro em outras coisas. O fluxo de caixa ajuda a identificar de forma clara e objetiva quando ocorrem desperdícios, possibilitando que medidas necessárias sejam tomadas.

Qual é a importância da contabilidade para as empresas?

Os serviços de contabilidade são essenciais para as empresas, já que trabalham outros demonstrativos importantes — como a DRE (Demonstração de Resultado do Exercício), que aponta lucros e prejuízos, e também o Balanço Patrimonial, que faz a relação dos bens, direitos e obrigações da empresa em um determinado momento.

Mas lembre-se: caixa negativo é diferente de prejuízo, assim como caixa positivo não é o mesmo que lucro. Lucro e prejuízo são apurados na DRE, que analisa faturamentos, despesas e custos de uma empresa.

LEIA  Qual é o papel do BPO Financeiro nas empresas?

Por que é preciso investir em um bom planejamento contábil?

Tomar uma decisão nem sempre é fácil, principalmente quando você não possui informações e referências suficientes para isso. Portanto, avalie com cuidado quem será o responsável por fazer a contabilidade do seu negócio. Um empresário não pode se dar ao luxo de investir seu dinheiro contratando um escritório de contabilidade qualquer, que não é capaz de elaborar os demonstrativos ou fazer o acompanhamento da situação econômico-financeira de sua empresa.

Esse é um investimento em que os benefícios vêm ao longo da vida da empresa. Sendo assim, começar com um bom planejamento orçamentário — e seu devido acompanhamento —, permite ao empresário prever seus próximos passos e se precaver para um eventual deficit no caixa, evitando problemas futuros.

Como funcionam as obrigações tributárias?

Normalmente, pequenas e médias empresas optam pelo Regime Simplificado de Tributação (Simples), que na maioria dos casos acaba sendo a melhor opção tributária para começar uma pequena empresa.

Para continuar usufruindo do benefício de uma carga tributária menor, é necessário que a empresa tenha sempre em dia o pagamento do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) e enviar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN) anualmente. Caso contrário, essa empresa será excluída do regime simplificado, tendo que optar por outro regime, como o Lucro presumido ou Lucro Real.

E você, já sabe como funciona o fluxo de caixa em uma empresa? Deixe um comentário com suas dúvidas e opiniões sobre o assunto! Além disso, acompanhe outras postagens no em nossas páginas no Twitter e no Facebook!

 

Postado em FinanceiroTagged , ,