Utilize a Matriz BCG e livre-se dos abacaxis de sua empresa!

Em tempos de crise econômica e oscilações imprevisíveis no mercado, saber traçar estratégias de marketing e vendas para os produtos ou serviços da empresa é extremamente importante. Da mesma maneira, saber qual é o potencial de mercado de cada item do portfólio em certo momento, determinando quais permanecem e quais devem ser retirados, é uma estratégia crucial para o sucesso.

A chamada Matriz BCG é uma ferramenta muito eficaz para descobrir, entre os produtos ou serviços oferecidos por uma empresa, quais têm mais possibilidades de vingar, permitindo a reestruturação de portfólios de maneira segura.

Mas o que é a Matriz BCG e como ela pode ajudar sua empresa a livrar-se dos abacaxis? É disso que vamos falar no post de hoje. Acompanhe!

O que é Matriz BCG?

Criada em 1970 por Bruce Henderson, fundador do Boston Consulting Group (BCG), a Matriz BCG permite a análise de todos os itens do portfólio de uma empresa considerando duas variáveis: a participação relativa de mercado e o crescimento do mercado.

A participação relativa de mercado é como a empresa se sai, em termos de venda, em determinado setor. Já o crescimento de mercado analisa o potencial geral de vendas do produto, que pode ser analisado observando-se o comportamento de seus consumidores, falando com fornecedores e mantendo-se atualizado sobre as notícias do mercado.

As duas variáveis da Matriz BCG são representadas graficamente por dois eixos perpendiculares que se cruzam, formando 4 quadrantes. Cada quadrante representa uma categoria, em que cada produto da empresa pode ser encaixado, de acordo com a análise das variáveis. Isso permite uma visualização bem didática de quais produtos têm um bom potencial de vendas, em quais se deve investir e quais devem ser descartados.

LEIA  O que é Gestão Estratégica e como praticá-la?

Categorias de produtos da Matriz BCG

Produtos Interrogação

São produtos de baixa participação no mercado, que ainda não geram receita, porém com elevada taxa de crescimento de vendas. Requerem altos investimentos em marketing, sendo, geralmente, produtos recém-lançados ou novas apostas da empresa. Dependendo de seu desempenho ao longo do tempo, podem se tornar produtos Estrela ou Abacaxis.

Produtos Estrela

São aqueles que têm alta demanda mercadológica, gerando muito lucro, mas que ainda exigem altos investimentos. Tendem a tornar-se produtos Vacas Leiteiras.

Produtos Vaca Leiteira

São produtos que geram muito lucro sem a necessidade de grandes investimentos. Geralmente, são produtos já consolidados, com mercados estabilizados. Constituem os produtos base de muitas empresas.

Produtos Abacaxi

São aqueles que têm baixas vendas e baixas margens de lucro. Não constituem boa oportunidade de investimento. É necessário uma análise mais aprofundada dos itens que se encaixarem nesse quadrante, traçando estratégias de recuperação ou até mesmo descartando-os do portfólio.

É importante frisar que cada produto deve ser analisado na Matriz BCG separadamente e de maneira recorrente, pois as mudanças do mercado tornam a matriz dinâmica, com os produtos “movendo-se” entre um quadrante e outro.

A utilização da Matriz BCG permite analisar o ciclo de vida de um produto, desempenhar gestão de marcas e elaborar planos e estratégias de vendas. Além disso, é possível prever a lucratividade, endividamento, potencial de crescimento e força competitiva da empresa. A adoção dessa ferramenta pode lhe auxiliar a posicionar a empresa dentro do mercado e a investir de maneira correta, livrando-se dos abacaxis!

Gostou de nossas dicas sobre o uso da Matriz BCG? Comente esse post e nos conte o que achou!

LEIA  Cliente insatisfeito? Saiba como lidar em 6 passos

 

Postado em EstratégiaTagged ,