Vai abrir uma empresa? Saiba por onde começar

Quem não sonha em ser seu próprio patrão? A ideia parece sensacional, mas exige muita dedicação e um pouco de paciência. Quando não se possui muito conhecimento e tampouco capital inicial elevado, o negócio pode morrer no nascituro ao mínimo erro. Claro que atualmente, abrir um empreendimento no Brasil é uma tarefa mais simples do que antigamente, mas a burocracia pode ser desanimadora até que seja encontrado o caminho.

Pensando em você, que quer abrir sua empresa mas ainda não sabe bem por onde começar, elaboramos o seguinte guia, com alguns passos para te orientar nessa jornada. Confira!

Escolha o tipo de empresa que pretende fundar

Independentemente do segmento em que se quer trabalhar, o primeiro passo é definir em qual tipo o seu empreendimento se enquadrará inicialmente. Por exemplo, uma nova empresa, normalmente não será uma sociedade anônima, tendo em vista a complexidade de sua abertura. Para entender melhor, vamos às opções:

  • Microempreendedor individual: quando possui apenas um dono. Categoria normalmente destinada a pequenos negócios e trabalhadores autônomos.
  • Sociedade empresária limitada: aqui, é preciso que pelo menos dois sócios se responsabilizem pela empresa.
  • Sociedade simples limitada: essa sociedade é voltada para atividades intelectuais. Perfeita para médicos, advogados, psicólogos e músicos, por exemplo.

Defina sua participação nos negócios

Em caso de sociedades limitadas, será necessário definir a participação de cada sócio no empreendimento, que pode ser meio a meio, ou ter quotas diferenciadas a vários sócios. Normalmente, essas quotas são definidas por quem irá integralizar mais capital, ou seja, investir mais dinheiro no negócio, mas isso não é uma regra. O sócio pode ser:

  • O administrador, ou seja, aquele tipo de profissional eu trabalha no empreendimento e em dia determinado retira o pró-labore, que é o salário dos sócios;
  • ou apenas quotista, que é aquele que investe e depois apenas recebe os lucros.
LEIA  Pró-labore e encargos: conheça sobre o salário do administrador

Uma informação relevante, é que todo capital integralizado à empresa é do empreendimento, e não dos sócios, que deverão fixar salário ou apenas retirar rendimentos, evitando assim a perda de patrimônio por parte da empresa.

Tenha um endereço

Hoje em dia, ter um endereço é bem relativo, Pode ser que o seu empreendimento seja um e-commerce e o endereço de registro seja o da sua própria casa.

Existem empresas que alugam escritórios e caixas postais, nos quais você só paga quando utilizar, evitando assim um gasto maior e tendo um endereço bem mais profissional do que o da sua casa, certo? Outra dica é conseguir um número de telefone fixo só para a empresa, o que transmite mais credibilidade.

Elabore o contrato social

Através do contrato social, você terá toda a formalização jurídica na constituição da empresa.

Um contador ou empresa de contabilidade são os mais indicados para realizar a tarefa de confeccionar esse documento. Assim, você também poderá ser orientado sobre outras questões burocráticas como sobre qual sistema tributário será melhor para você, qual a melhor formação societária ou mesmo se é melhor ser um microempreendedor individual.

Essas decisões deverão ser bem orientadas, pois definirão os rumos legais do negócio.

Registre-se na junta comercial do seu estado

É a partir desse momento que a sua empresa vai existir de fato. No site da junta comercial você terá acesso a toda a documentação necessária, além do contrato social para efetivar o registro da empresa. Aqui você consegue o número de Identificação do Registro de Empresa.

Solicite seu CNPJ

O CPF está para uma pessoa física assim como o CNPJ está para a empresa. No site da Receita Federal você faz a solicitação do seu número de CNPJ. Certamente o seu contador também poderá te auxiliar neste processo.

LEIA  Como abrir uma empresa com pouco dinheiro?

Procure a Fazenda Estadual e a Prefeitura da sua cidade

Na Prefeitura, você irá conseguir o seu alvará de funcionamento para abrir seu negócio.

Já na Secretaria de Fazenda do Estado, você irá pedir a inscrição estadual. Em alguns estados essa inscrição já acontece juntamente com a solicitação do CNPJ.

Outros passos importantes

Entre outras questões importantes que devem ser pensadas ao abrir um empreendimento está a busca por um advogado que trabalhe junto com os contadores para maior segurança na abertura do negócio e nas transações que se deseja fazer.

Além disso, deve-se pensar, terminados os procedimentos já mencionados, em registrar a sua marca assim como a sua logo, buscar conhecimento para se investir em marketing da melhor forma e, o mais importante: planejamento.

Como você pode ver, abrir uma empresa legalmente construída não é uma tarefa fácil, mas certamente irá te trazer muitos benefícios. Trabalhar dentro da lei é fundamental para transmitir credibilidade para os seus clientes e não acabar caindo em enrascadas com o Fisco.

Ainda tem dúvidas de como dar início ao seu empreendimento? Fale conosco nos comentários, nós podemos te ajudar!

Postado em SocietárioTagged , , ,