Veja 6 dicas para controlar os gastos da sua empresa

Quando o empreendedor lança seu negócio no mercado, certamente deseja que sua ideia dê os frutos tão sonhados no menor tempo possível, obtendo reconhecimento dos clientes e mais estabilidade na atividade desenvolvida. Só que existem muitos fatores para se tomar conta até conseguir obter êxito no empreendimento. E um deles, sem dúvida, talvez até o mais saliente, dentre aqueles que garantem a boa operacionalidade da empresa, é a gestão financeira ótima da organização.

Veja algumas recomendações relevantes para controlar seus gastos e coloque sua empresa no rumo do sucesso mais rapidamente!

Pesquise bem seus fornecedores

Ainda que você tenha total confiança em seu fornecedor ou não conheça outros que possam abastecer seu negócio com os materiais e itens necessários para que ele cumpra suas tarefas cotidianas, vale a pena investigar no mercado, até mesmo em outros estados, empresas que possam criar novas possibilidades para sua cadeia de abastecimentos.

Ao encontrar preços mais baixos e outras condições de pagamento, você terá mais jogo até para renovar os contratos com seus atuais parceiros de negócio.

Livre-se o mais rapidamente possível de suas dívidas

Os juros cobrados pelo banco quase sempre são mais prejudiciais ao seu aporte de capital do que qualquer investimento que venha a fazer. Desse modo, os financiamentos e empréstimos devem ser muito bem planejados.

Se houver débitos que você tenha dificuldades em liquidar, procure renegociá-los. No caso das dívidas menores, não fique postergando seu pagamento. É melhor diminuir o quanto puder o passivo no orçamento da empresa.

LEIA  Conheça a VERS Contabilidade e os serviços oferecidos!

Tenha uma excelente gestão contábil

O controle dos gastos ficará minucioso e confiável se você investir em uma gestão financeira e contábil de alta qualidade. A escrituração contábil adequada não somente vai deixar sua empresa legalmente amparada, mas também vai permitir que o gestor entenda as movimentações das finanças de sua organização, ficando a par das receitas e saídas, de modo que tenha base para tomar decisões estratégicas para o corte de custos desnecessários e aplicações específicas.

Faça um estudo dos impostos que sua empresa paga

Nem sempre sua empresa está no enquadramento jurídico mais adequado ou cumprindo suas obrigações fiscais da maneira mais conveniente. Pode-se solicitar uma consultoria ao contador para que se verifique um planejamento tributário mais interessante, sem que isso prejudique sua cautela jurídica e o funcionamento do negócio.

Crie uma reserva financeira

É essencial que o gestor esteja preparado para imprevistos futuros, e por isso deve-se separar parte do capital e deixá-lo em aplicações de renda fixa ou outro investimento do qual você possa fazer retiradas sem tanta burocracia ou perda de tempo. Assim, caso a empresa se defronte com alguma sazonalidade irregular ou queda inesperada de vendas, ela terá mais fôlego para se manter no mercado até que tudo volte a se equilibrar, sem passar por apertos financeiros.

Veja se o banco está cobrando taxas e serviços fora do padrão

Não é incomum que as instituições bancárias, eventualmente, façam lançamentos nas contas correntes de seus clientes de tarifas cobradas por serviços não solicitados, ou mesmo tenham opções melhores para outros contextos. E se isso ocorre com as pessoas físicas, também ocorre com as pessoas jurídicas.

LEIA  Contabilidade Digital - Negócio com a contabilidade online é importante.

Para evitar essa situação, você pode checar periodicamente os serviços contratados, averiguar as cobranças lançadas e conversar com seu gerente a fim de pesquisar melhores opões para o momento atual de sua empresa.

Quando você controla os gastos do seu negócio, é certo que ele vai ter uma economia expressiva e dará ao gestor a oportunidade de fazer os investimentos certeiros para que cresça no mercado e conquiste mais clientes!

Como tem sido seu planejamento, organização e as suas táticas para diminuir as despesas da sua empresa ultimamente? Compartilhe conosco nos comentários!

Postado em FinanceiroTagged ,