Como decidir entre a contabilidade própria ou terceirizada

Terceirizar ou não a contabilidade? Eis a questão. Não se preocupe se esta é sua dúvida. Muitos empreendedores passam pelo mesmo dilema. Se por um lado têm medo de deixar algo tão importante a cargo de outras pessoas, por outro pensam em como seria bom poder se concentrar apenas na atividade-fim do negócio. Para decidir é preciso levar muita coisa em consideração: ganho de tempo, redução de custos e confiança. Vamos ver a seguir como escolher?

Redução de custos é uma grande vantagem da terceirização

Para ter uma contabilidade interna você vai ter que contratar um contador e um auxiliar. Soma-se a isso todos os gastos trabalhistas em caso de rescisão de contrato, férias, etc….E mais, seria preciso ocupar o tempo ocioso deles porque não há tarefa suficiente para o profissional durante todo o mês. Tais contratações geralmente não são justificadas. Tudo isso poderia gerar mais de R$ 10 mil por mês, enquanto que muitos escritórios de contabilidade cobram menos de R$ 2.000 pelo mesmo serviço. Claro que esses valores mudam dependendo do tamanho da empresa, mas normalmente a economia será nessa ordem de proporção.

Ganho de produtividade é um caminho natural

Especialistas dizem que se a empresa fatura menos de R$50 milhões por ano não há o que pensar, pode terceirizar a contabilidade. Isso é a realidade da grande maioria das empresas brasileiras, não é mesmo? E para chegar a esta conta os consultores levam em conta os ganhos em produtividade com a terceirização da contabilidade. Empresas pequenas e médias não podem se permitir a concentrar esforços em áreas que não fazem parte da atividade-fim. Se você produz roupas, é nisso que deve pensar. Sua atenção deve estar voltada para se diferenciar da concorrência, conquista de novos mercados ou redução de custos. E colocar as finanças a cargo de quem realmente entende disso vai dar uma folga para resolver esses assuntos com mais calma.

LEIA  Contabilidade segundo a VERS

E o medo de deixar minhas finanças a cargo de terceiros?

A principal barreira para a terceirização da contabilidade é o receio das empresas em abrir informações importantes como faturamento, fluxo de caixa e folha de pagamento a quem não faz parte do quadro da empresa. É natural, mas é verdade também que se trata apenas de um medo infundado. As experiências mostram que para pequenas e médias empresas os ganhos são enormes com a terceirização da contabilidade.

Quais os cuidados a serem tomados?

Se a sua empresa trabalha com informações sigilosas, no caso de startups ou empresas de desenvolvimento de tecnologia pode ficar tranquilo. Uma saída é fazer contratos específicos de confidencialidade. Mas lembre-se que essas são situações muito específicas, geralmente com empresas que têm intenção de abrir capital. Outra medida a ser tomada é verificar o registro do escritório no Conselho Regional de Contabilidade e ver se está tudo em ordem. Também sempre analise bem as condições de prestação de serviço e nunca deixe de fazer um contrato escrito.

Você concorda ou não com a terceirização da contabilidade? Têm alguma experiência no assunto? Que tal deixar seu comentário?

 

Postado em ContabilidadeTagged , ,