5 dicas para promover uma excelente gestão de pessoas na sua PME

A liderança é uma ferramenta indispensável de gestão para empresas de qualquer porte. A definição de metas alcançáveis, além da promoção de um bom relacionamento com a equipe, são fatores imprescindíveis para que o negócio caminhe para o sucesso – especialmente quando ainda está em fase de consolidação, como é o caso das PMEs.

Vale lembrar que é fundamental que o gestor tenha consciência do papel dos funcionários no ambiente de trabalho: são eles que dão alma à empresa. Para tanto, o líder deve assumir claramente o seu papel e investir em quem está ao seu lado para atingir as metas de crescimento esperadas. Confira 5 dicas para te ajudar na empreitada de gestão do seu capital humano!

Contrate mão de obra especializada

Economizar na hora da contratação pode sair muito caro ao longo do tempo. A falta de conhecimento pesa, e certos erros podem ser fatais para o lucro da sua empresa. Se o dinheiro anda curto para oferecer o piso de um profissional, uma boa opção é contar com a ajuda de estagiários e ter um planejamento para efetivação em longo prazo até estruturar sua área de recursos humanos.

Tenha foco nas pessoas

Investir em um ambiente de trabalho integrado, benefícios para os funcionários e treinamentos para especialização de mão de obra mostra o quanto a empresa se preocupa com cada um, além de indicar que ela visualiza um crescimento sustentável. Funcionário motivado rende mais e, em consequência, o negócio lucra mais.

Compartilhe informações e tarefas

Nada mais desestimulante para o funcionário do que um chefe centralizador, que não compartilha tarefas e nem dá autonomia para a resolução de problemas. Não dá para puxar para si todas as responsabilidades. Treine alguém para assumir o negócio durante sua ausência e estimule a troca de informações entre a equipe. Reuniões de alinhamento semanais são excelentes para isso. Pense que hoje o negócio tem pequeno ou médio porte, mas amanhã pode se tornar grande e você não terá tempo para assumir o comando de todos os detalhes e setores. Tenha foco no lado estratégico e deixe o operacional nas mãos da equipe, delegando tarefas de maneira eficiente.

LEIA  Como trabalhar a inteligência emocional?

Adote a meritocracia

Você aprendeu no passo anterior o quanto é importante delegar tarefas e estimular a autonomia do funcionário nas tarefas do dia a dia. Agora, é hora de recompensar sua equipe pelo bom desempenho. O ser humano necessita de reconhecimento, e isto tem impactos definitivos em sua produtividade como profissional. Reconhecer não significa apenas cumprimentar por uma meta alcançada: é preciso considerar um plano de carreira e investimentos em treinamentos, cursos, viagens de incentivo ou aumento salarial. Premie aquele que fez por merecer.

Estabeleça metas claras

As metas da empresa podem estar completamente claras para você, mas isto de nada adianta se não forem bem definidas também para a equipe. Para tanto, é importante estabelecer datas, planos de ação e revisões periódicas. Tenha em mente que somente através de um objetivo definido se chega a algum lugar: ter uma ideia vaga de onde se quer chegar é não chegar a ponto algum. Motive os funcionários a alcançarem as metas e faça um acompanhamento minucioso dos resultados ao longo do processo.

De acordo com dados do SEBRAE, a taxa de mortalidade entre empresas de pequeno porte com mais de dois anos de funcionamento chega a quase 25%. Grande parte deste índice pode ser atribuído à má administração. Além de contar com apoio especializado para lidar com setores essenciais como o contábil, é crucial que seu negócio considere a boa gestão do capital humano. Negligenciar o quadro de funcionários na sua administração pode gerar consequências muito graves em um futuro nada distante para a sua empresa!

E você, já prioriza a gestão de pessoas na sua PME? Se sim, quais foram as medidas já aplicadas na sua equipe? Participe do debate conosco nos comentários!

LEIA  Como manter seus funcionários engajados?

 

Postado em NegóciosTagged , ,