Franquia de contabilidade é um bom negócio?

Antes de falar se a franquia de contabilidade é um bom negócio, é fundamental apresentar e explicar o que é esse tipo de empreendimento. Esse modelo de negócio vem crescendo nos últimos anos no mercado brasileiro e segue o princípio básico de outros tipos de franquia. Porém, neste caso, abre-se um escritório contábil que já tem uma marca e um estilo de atuação já consolidados. Além disso, o franqueado tem à disposição todo o suporte necessário desde a instalação até no desenvolvimento das atividades cotidianas.

A maior vantagem de se optar por ter uma franquia de contabilidade é no que se refere à construção da marca e sua consolidação. Ser franqueado é poder contar com uma marca que já possui força e relevância no mercado em que atua e que também possui visibilidade junto ao público. O franqueado é um impulsionado no caminho para alcançar bons resultados. Essa opção possibilita que o negócio já nasça com credibilidade perante à sociedade, sendo, assim, um facilitador na captação de clientes.

Franquia de contabilidade é um bom negócio

Outro ponto positivo ao se optar por ser um franqueado é a estrutura que vem junto com o negócio. O escritório contábil não vai contar apenas com a marca e a reputação, mas terá o auxílio em diversas fases na implantação, podendo incluir desde o layout do espaço de trabalho, passando pelo estilo de atendimento que deverá ser adotado e seguido, modo de execução dos procedimentos e práticas de contabilidade na rotina da unidade, até, em alguns casos, na padronização do pós-atendimento.

LEIA  Fracasso: Como tirar proveito e ter benefícios na derrota?

Quando a franquia de contabilidade é um bom negócio?

Optar por ser franqueado de um escritório contábil é uma excelente alternativa em qualquer fase da carreira. Para quem acaba de iniciar sua trajetória profissional, é a oportunidade de começar um empreendimento com menos incertezas e receios, contando com uma maior segurança no que tange o plano de negócios e a execução dos procedimentos.

Já para um contador com muitos anos de experiência e uma carreira sólida, a opção de se ter uma franquia de contabilidade é a oportunidade de investir em um negócio próprio, tendo como aliado a segurança de uma iniciativa bem-sucedida. A união das experiências obtidas tanto pelo profissional quanto pela marca tende a colaborar, e muito, para alcançar bons níveis de sucesso e retornos positivos. O escritório estará sempre atualizado e podendo utilizar de todo conhecimento, tecnologia de ponta e ferramentas disponibilizadas pela franquia.

Pontos importantes ao se tornar um franqueado

Se você se interessou pela possibilidade de ter uma franquia de contabilidade e já está cheio de ideias, é fundamental ficar atento a algumas questões que devem ser tratadas com seriedade para que seu sonho não vire um pesadelo.

Tenha um Plano de Negócios: por mais óbvio que pareça, ter esse “documento” descrevendo os objetivos do empreendimento, com a descrição dos modos de atuação e a estrutura de custos pode diminuir os riscos e facilitar no bom desempenho da marca.

– Esteja sempre engajado: é importante que se tenha muito comprometimento com a sua franquia. Participe de todos os treinamentos e atualizações disponibilizados pela franqueadora e absorva o máximo de know how possível. Essa postura é imprescindível para atingir o payback rápido.

Franquia de contabilidade é um bom negócio

Franquia de contabilidade é um bom negócio?

Sem dúvidas, ser um franqueado contábil é um bom negócio. Quem segue por esse caminho tem ao seu alcance uma gama de benefícios que auxiliarão no bom desempenho no mercado. Além disso, é uma possibilidade de se aprender cada vez mais, com riscos controlados e muitas chances de crescimento.

LEIA  Startup: Definição e como gerenciar - segunda parte

 

Escrito por: Sâmara Silva

Postado em Abertura de empresa, Empreendedorismo, FranquiaTagged , , , , , , , , , , ,