7 erros que você jamais deve cometer na abertura da sua empresa

Não basta ter uma boa ideia: a abertura de um negócio carece de muitos outros fatores para que a empresa consiga crescer e ter uma boa saúde financeira. Os erros cometidos na etapa inicial de um empreendimento podem ser determinantes para sua continuidade e se tornarem fatais para sua existência. Por isso, veja aqui alguns deslizes que você não pode cometer logo na abertura de seu negócio!

Não estruturar um bom planejamento

Ainda que seu negócio for começar pequeno, você deve ter um planejamento sobre os vários aspectos da empresa. E isso não se resume apenas a saber quem é seu público-alvo ou qual a infraestrutura mínima para que o empreendimento funcione.

Muitas perguntas precisam ser respondidas nessa etapa de construção do negócio, e é importante saber os gastos mensais, os recursos necessários, o capital de giro, a margem de lucro esperada, e tantos outros fatores de projeto, os quais poderão ter seus resultados monitorados.

Não separar seu dinheiro pessoal das finanças da empresa

Misturar seus recursos pessoais com os recursos da empresa é uma coisa que nunca deve ser feita. Essa confusão poderá levar o gestor a perder de vista o monitoramento adequado que precisa ter das receitas e despesas do negócio, deixando de entender quanto realmente tem em caixa e quanto sua empresa está rendendo.

Escolher os sócios de maneira errada

Na hora de procurar os sócios de sua empresa, é preciso que eles se mostrem comprometidos para o crescimento do negócio. Também é essencial que, além do alinhamento estratégico, eles tenham habilidades e expertise complementares à sua, a fim de que a gestão e o alcance de soluções sejam mais dinâmicos, certeiros e criativos.

LEIA  Como funciona o desligamento de sócio em uma sociedade limitada

Não poder se dedicar integralmente ao negócio

Se você quer abrir uma empresa e se dedicar a isso apenas nas horas vagas, ao mesmo tempo mantendo outra atividade ou emprego paralelo, o negócio poderá ficar em risco. É importante que você se dedique bastante à pesquisa da atividade, ao conhecimento do mercado e à busca imediata de soluções para que seu negócio dê certo e não feche as portas rapidamente.

Montar uma equipe inadequada

Muitas vezes, uma boa ideia não dá certo porque a equipe contratada para sua execução não era a mais adequada para fazê-lo. Não se deve montar uma equipe somente baseando-se em laços de amizade e camaradagem, por exemplo.

Se você quiser contratar amigos e familiares, eles precisam demonstrar o talento e as habilidades que se encaixam no perfil da empresa, no tipo de função e no projeto que será desenvolvido.

Não ter ou ficar sem crédito

Deve-se ter em mente o cálculo adequado das demandas do empreendimento e das contas da empresa. Afinal, não dá para abrir e manter uma empresa sem crédito. O gestor tem que fazer uma boa pesquisa entre as taxas cobradas e as diversas instituições financeiras a fim de pegar somente o necessário para fazer os investimentos iniciais, ter fluxo de caixa e alavancar o seu empreendimento sem se comprometer em dívidas enormes e impagáveis.

Falta de conhecimento sobre o mercado e a atividade

Antes mesmo de colocar sua ideia em prática, o gestor deve conhecer bem seu público-alvo, as suas demandas e anseios, além de entender bastante sobre seu ramo de atuação. Ter uma boa expertise aumenta obviamente as chances de sucesso do empreendimento e facilita a melhor tomada de decisões críticas.

LEIA  Empreendedor, como ser um: veja esse infográfico sobre esse assunto.

Você cometeu alguns desses erros e foi capaz de superá-los? Algum deles ainda tem influência negativa na estrutura de seu negócio? Há outros deslizes que você imagina que são piores do que os listados acima? Deixe-nos saber um pouco de suas experiências escrevendo nos comentários abaixo!

 

Postado em SocietárioTagged ,