Empreendedor produtivo: 5 dicas para superar a procrastinação

“Não deixe para amanhã aquilo que você pode fazer… depois de amanhã”. A frase com tom de sarcasmo resume bem o sentimento de procrastinação inerente ao ser humano. Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. É claro que em algumas pessoas isso existe em um grau mínimo, já que o senso de responsabilidade fala mais alto. Mas atire a primeira pedra quem nunca teve vontade de adiar uma tarefa para se dedicar mais tempo ao ócio. Excesso de segurança, desculpas, preguiça ou mau gerenciamento do tempo são exemplos de fatores que causam a procrastinação. Todavia, engana-se quem pensa que quem sofre deste mal descansa em paz no final do dia: estresse, sensação de culpa, perda de produtividade e até mesmo vergonha por não cumprir com as responsabilidades e compromissos assumidos são sensações que acompanham o indivíduo.

Para o empreendedor, a procrastinação pode significar ter planos importantes adiados, consequência muito negativa para o negócio. Deixar para amanhã implica na perda de prazos que comprometem a vida de um projeto e prejuízos – inclusive financeiros. O lado bom dessa história é que a procrastinação pode ser combatida com hábitos comportamentais fáceis de serem adotados. Confira:

Defina prioridades

O que preciso fazer primeiro para concluir a tarefa? Se uma grande jornada começa sempre com o primeiro passo, não começar a caminhar em direção ao seu objetivo é ficar estagnado. Mexa-se e liste o que é preciso fazer em cada etapa do projeto até sua conclusão, do mais urgente ao menos importante.

Trabalhe seu foco

Manter o foco é deixar os olhos voltados para seu objetivo o tempo todo. O elemento que dá a tônica em cada tarefa é a disciplina, que só vem com o hábito. Para tanto, manter uma rotina de trabalho ajuda a consolidar a disciplina e, consequentemente, o foco.

LEIA  Pensando em contratar um funcionário temporário? Confira nosso Guia

Encontre sua motivação

Ganhar mais dinheiro não pode ser o objetivo final. Pense o que gostaria de ter ou fazer se tivesse mais dinheiro. Um objetivo palpável serve de motivação para fazer aquilo que em outros momentos poderia ser adiado. Desejar muito uma coisa e visualizar-se desfrutando daquilo é um dos recursos da neurolinguística para manter a motivação no ser humano. Busque transformar o trabalho a ser feito em algo prazeroso, em um caminho necessário para atingir suas metas.

Afugente o medo

O medo bloqueia a ação e paralisa o ser humano, o que não combina com empreendedorismo! Descobrir o porquê do medo elucida a situação e ajuda a traçar planos de ação que combatam possíveis situações de risco. Ter um plano seguro e previamente analisado dá autoconfiança para continuar a caminhada.

Faça um cronograma

Um cronograma realista da situação é a base de qualquer planejamento. Analise cada etapa do projeto, da definição de prioridades ao resultado final, e verifique quanto tempo vai levar para executar cada uma delas, dando uma folga de uma semana para possíveis ajustes antes da entrega final. Converse com os envolvidos (caso haja) para alinhar objetivos e constatar se todos podem entregar o trabalho dentro do prazo, procurando também informar sobre a importância deste deadline e entender as possíveis dificuldades.

Como dizem os americanos, “tempo é dinheiro”. A mania de deixar tudo para a última hora pode acarretar inúmeros efeitos negativos ou mesmo deixá-lo fora do mercado, que está cada vez mais competitivo. Lembre que tudo aquilo que você se abstém de fazer, outro toma parte!

E aí, o que achou das dicas? Conhece outras estratégias eficientes para espantar o fantasma da procrastinação? Compartilhe-as com a gente nos comentários!

LEIA  Como a Vers Contabilidade pode te ajudar a enfrentar as burocracias na Abertura da sua empresa?

Depositphotos.com / zamula

Postado em NegóciosTagged , ,